Jan 24, 2012

#59

Cabeça de velho é fogo né? Eu esqueci completamente de vir contar do último fim de semana que fui pra NYC, adivinhem com quem? Claro, minha companheira número 1, Su! Cheguei na sexta a noite como é de praxe, ela já estava me esperando (ela tinha um meeting com a LCC dela, então fui encontrá-las no restaurante). A Su que muito me conhece e sabia que eu ia chegar morrrrrrrrta de fome, decidiu não comer com o cluster e esperar por mim. Assim quando eu cheguei ela teve uma "desculpinha" pra cair fora de lá, hahaha! Tentamos ir no TGI Fridays mas os preços não eram como em NJ, então a gente saiu de fininho e fomos pro... Mc Donald's, claro! Sair comigo é comer no Mc, hahahah.



Depois de passar em dois Mc's, fazer a parada obrigatória na Forever 21 e tirar foto nas vitrines de Natal da Macy's, a gente resolveu ir pro hostel, que ficava na... Chinatown! A Su sempre quis ir lá e eu tinha curiosidade, então encarnamos o espírito aventureiro e fomos nos aventurar downtown. Na hora que a gente saiu do metrô já veio aquele cheirinho gostoooso de peixe. Andamos um pouco perdidas até acharmos a rua do hostel, mas antes paramos num "arco" que eles tem por lá, tipo o arco do triunfo. Tiramos fotinhas básicas e fomos pro hostel. Na recepção um chinesinho muito mal encarado que cobrou o cartão da Su duas vezes :( nos encaminhou pro quartinho... que é literalmente um quartinho. Tem uma cama de casal, uma tv, uma mesinha, uma pia e espelho e fim. O banheiro é no começo do corredor, cada corredor tem dois banheiros pra mais ou menos 10 quartos. Mas não pegamos "engarrafamento", então eu recomendo o hostel sim! Pagamos 90 doletas cada, pra duas noites.



No sábado de manhã acordamos bem cedinho e fomos tomar café da manhã no Dunkin' Donuts. A Su queria ir na Brooklyn Bridge, mas a gente não sabia exatamente aonde era, então passeamos um monte por lá, tiramos mais fotos no "arco do triunfo", achamos a Manhattan Bridge (que de início a gente pensou que fosse a Brooklyn), até que finalmente achamos a Brooklyn, rodamos um monte pra encontrar a entrada até que enfim... estávamos lá! Tiramos trocentas fotos, fizemos vídeo pra Deus e o mundo, foi super divertido.











Descemos no Brooklyn e a intenção era passear a toa, até que a Su lembrou que o Miss Favela (restaurante brasileiro que é parada obrigatória) ficava por lá. A gente só não sabia aonde. E pra achar? Tinha que localizar algum lugar com wi-fi pra ela olhar no iPod, mas aonde a gente estava não tinha UM comércio. Andamos, andamos e andamos mais um pouquinho, até que achamos uma starbucks! Chegando lá a gente usou o wi-fi e banheiro deles de boa vontade e fomos pro ponto de ônibus que ficava na frente. Detalhe: nem eu nem ela nunca pegamos bus aqui nos US antes disso, a gente tava morrendo de medo de perder a parada ou de sair rodando sem parar, mas no fim deu tudo certo, um bando de gente estranha no bus, o motorista mal educado e 40 minutos depois, estávamos lá!






Chegando lá a mocinha nos recepcionou em inglês, mas a carinha de brasileira dela não engana! Sentamos, só tinha a gente lá, hahaha! O garçom chegou e eu já taquei um "é brasileiro?", claro que era né gente? A Su se embanonou toda pra fazer o pedido em português mas no fim deu tudo certo. Tomamos uma vitamina de frutas, comemos salgadinhos de entrada e um prato maravilhoso com bife, frango, linguiça e carne de porco com batatas fritas na cebola e pimentão, com arroz e feijão preto. Tinha que ter vindo uma farofa também, mas a gente relevou. Tomamos um guaraná "falsificado" e fomos embora felizes da vida, num clima bem brasileiro. Tanto que paramos na lojinha brasileira perto da Times e compramos serenata de amor, batom, eu comprei um maguary pra fazer mousse de maracujá e ficamos só na vontade da massa de pastel. Passamos na Charlotte Rousse pra eu comprar minha roupinha "fancy" pra noite.









Daí vcs me perguntam: o que ia rolar na noite? Lembram daquele jantar italiano no Upper East Side, que eu e a Su estávamos planejando trinta mil anos atrás? Finalmente aconteceu! Chegamos no local, mortas de frio, tudo chique. Sentamos e o garçom já trouxe a garrafa de vinho (que nem tomamos metade) e a gente pediu a entrada (se eu me lembro bem era calamari frita), depois veio o prato principal (eu pedi tipo um risoto de camarão com ostras e calamari - que eu acho que é lula). Finalizamos com um brownie (no caso da Su) e um cheesecake (no meu caso) e fomos embora, deixando mais $30 que até hoje eu não entendi porque tivemos que pagar a mais. Voltamos pro hotel e a Su caiu no sono na mesma hora. Eu tive ainda uma hora de "insônia" causada pelo casal safadinho que estava no quarto ao lado.




No domingo fizemos o check-out e fomos procurar o prédio do Friends no Village. Gente, que dia frio, pelamor! Passeamos um monte até acharmos o prédio, tiramos mais fotos, fizemos mais um vídeo e fomos pra uptown de novo, tomar café na Starbucks. Eu tomei um peppermint hot chocolate que é uma delícia e comi o banana nut bread (mais ou menos) e o banana chocolate chip bread (maravilhoso!)




Daí de lá fomos pra onde meu bus ia sair, a Su ficou comigo na fila um pouquinho, eu comprei uns snacks pra viagem e fiz questão de chegar lá cedo, já que na ida eu atrasei 5 minutos e levei bronca do motorista (de novo). Cheguei em DC umas 2 e pouco e peguei o metrô pra casa do boyfriend, que tava me esperando com um buquê de rosas e me deixou ver meus presentes de Natal - até que eu fiz tanto bico que ele deixou eu trazer ao menos um pra casa: meu Nintendo 3DS :D

2 comments:

  1. Caramba, bem legal!!!!
    Adoro as fotos que você coloca, muito boas! :)
    Chinatown! Poxa, eu quero ir!! hehehe

    Beijooos

    http://baharoundtheworld.blogspot.com/ 

    ReplyDelete
  2. Oie Larissa
    Muito linda as fotos!
    Mas q hostel caro meu Deus pago aki na media de 10 ate 20 euros hehhehhe...
    Bjao

    ReplyDelete